Última hora
This content is not available in your region

Grécia: Orquestra Sinfónica Juvenil rende-se à realidade virtual

euronews_icons_loading
Grécia: Orquestra Sinfónica Juvenil rende-se à realidade virtual
Direitos de autor  euronews
De  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Graças às tecnologias de realidade virtual, a Orquestra Sinfónica Juvenil da Grécia (GYSO) encontrou um remédio contra o distanciamento imposto pela pandemia de Covid-19.

Reuniu músicos em palco, captou imagens a 360° e disponibilizou equipamentos próprios para que, mesmo longe, o público possa continuar a assistir a concertos como se estivesse no teatro, ao vivo.

"Penso que as pessoas precisam de ter uma experiência pessoal para vir a um concerto e descobrir música sinfónica. O equipamento ELSON VR tenta proporcionar este sabor, esta experiência alternativa a um público mais alargado. O nosso objetivo é enviar, em colaboração com instituições culturais, o equipamento para cidades gregas onde não existem orquestras ou salas de concertos. Queremos tornar a música clássica mais acessível. Vamos instalar um stand pop-up com as máscaras de realidade virtual e convidar as pessoas a visitar-nos, para explorar a música de uma nova forma", sublinhou, em entrevista à Euronews, Dionysis Grammenos, fundador e diretor artístico da Orquestra Sinfónica Juvenil da Grécia.

Em maio, o projeto vai viajar pela Grécia. Apresenta aos jovens música de forma imersiva e interativa, mas também pretende despertar o interesse para um novo estilo e para explorar um terreno desconhecido.

A experiência será gratuita para o público.

"É a minha primeira experiência com realidade virtual. É a primeira vez que assisto a um concerto em 360° com equipamento de realidade virtual. Senti-me como se estivesse realmente dentro de um teatro de Atenas a assistir a um concerto. Foi muito bom. Principalmente agora, por causa das condições difíceis que vivemos com o coronavírus. Este projeto dá-nos a sensação de estar perante uma atuação ao vivo a ouvir estas agradáveis melodias", referiu Mirto Papadopoulou, estudante de arquitetura que testou o equipamento ELSON VR.

Quem embarcar nesta aventura pode escolher uma playlist com músicas de compositores como Beethoven, Mendelssohn, Tchaikovsky e Schubert, entre outros.

Enquanto isso, a Orquestra Sinfónica já está a afinar os instrumentos para gravar novos concertos e enriquecer a oferta.