This content is not available in your region

Repórteres Sem Fronteiras protesta na fronteira com a Bielorrússia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Repórteres Sem Fronteiras protesta na fronteira com a Bielorrússia
Direitos de autor  euronews

Quatro dias depois das autoridades bielorrussas terem desviado um avião da Ryanair e detido o jornalista Roman Protassevitch, a Repórteres sem Fronteiras organizou um protesto em Salcininkai na fronteira da Lituânia com a Bielorrússia.

O secretário-geral da organização, Christophe Deloire, explica que há uma deterioração do estatuto de jornalista naquele país. "Os jornalistas são cada vez mais considerados como terroristas pelos predadores que os encarceram e Roman Protassevitch está na lista do KGB bielorrusso. O presidente do parlamento usou este termo para o qualificar. É de uma violência extrema, uma violência institucional quando é precisamente o presidente que se comporta como terrorista", explicou.

Participaram na manifestação, jornalistas franceses, lituanos e bielorrussos com fotos dos 20 profissionais que se encontram atualmente detidos naquele país, repórteres com pouco mais de 20 anos de idade. De acordo com o index World Press Freedom, a Bielorrússia ocupa a posição numero 158 de um total de 180 países.