This content is not available in your region

Desportos olímpicos em comunidade desfavorecida de Niterói

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Desportos olímpicos em comunidade desfavorecida de Niterói
Direitos de autor  AFP

A comunidade do Caramujo, na cidade brasileira de Niterói, é muitas vezes notícia por motivos ligados ao crime. Desta vez, a notícia é positiva.

Antigos atletas brasileiros iniciaram um programa desportivo, no bairro, em parceria com a Prefeitura de Niterói.

Inaugurado no final de 2020, o Parque Desportivo de Inclusão Social do Caramujo oferece a crianças e adolescentes a oportunidade de terem um futuro melhor através do desporto.

Aqui, os jovens podem praticar várias modalidades olímpicas como, por exemplo, levantamento do peso, luta greco-romana, atletismo ou badmínton.

"O nosso maior sonho nem sequer é uma medalha. É dar uma oportunidade a estas crianças, para que elas possam saber que podem fazer o que quiserem, e uma medalha ganha seria uma consequência", refere o supervisor do parque, Juliano Rocha.

A halterofilista Aline Campeiro partilha a sua experiência com estes futuros atletas.

"Quando vêm para aqui, eles reúnem-se, comunicam... A conversa deles é sobre o desporto. Há algum tempo, se lhes perguntassem qual era o seu sonho, poderia ser tudo menos viajar para fora do país. Agora, falam em competir no estrangeiro, em viajar... Têm uma visão muito mais ampla do que podem conquistar".

Por agora, e devido às restrições implementadas por causa da Covid-19, cerca de 200 crianças e jovens frequentam o Parque Desportivo de Inclusão Social do Caramujo. Quem sabe se não sairão daqui os vencedores olímpicos do futuro.