Última hora
This content is not available in your region

Partido Socialista da Bulgária tenta reinventar-se

De  euronews
euronews_icons_loading
Partido Socialista da Bulgária tenta reinventar-se
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O congresso de aniversário dos 130 anos do Partido Socialista da Bulgária teve lugar este fim-de-semana nas proximidades do famoso monumento soviético de Buluzdja, nas montanhas dos Balcãs. Um simbolismo inspirado na tradição e na história, a menos de uma semana das primeiras eleições parlamentares. O presente, no entanto, não é tão simpático para o partido - que tenta reinventar-se.

O partido socialista tem estado em declínio há algum tempo, principalmente desde as últimas eleições gerais em abril, onde perdeu mais de 10% dos eleitores. Está agora a tentar reinventar-se como um partido anti-sistema.
Damian Vodenitcharov
Euronews

A líder do partido Korneliya Ninova diz que está a tentar mudar a forma como todo o partido é gerido.

Comecei uma reforma difícil no seio do partido. Introduzimos mandatos tanto para membros do parlamento como para o presidente. O presidente é eleito directamente, para eliminar acordos secretos no seio do partido. Um pequeno círculo decide quem deve estar no poder. E eu fui sujeita a ataques por causa disso.
Korneliya Ninova
Presidente do Partido Socialista Búlgaro

Ninova tem acusado o antigo primeiro-ministro Boyko Borissov de corrupção e de favorecimento a oligarcas. No entanto, em 2013, o próprio partido socialista nomeou e elegeu o magnata dos meios de comunicação social e oligarca Delyan Peevski como chefe da mais poderosa agência de segurança da Bulgária.

A própria presidente do Partido Socialista Búlgaro votou a favor. Agora diz que o seu voto não foi culpa sua.

Não posso aceitar ser responsabilizada por decisões passadas que nem eu nem a minha equipa tomámos. Tenho sido responsável pelo Partido Socialista nos últimos 4 anos. Assumo plena responsabilidade por cada decisão e por cada passo que demos desde essa altura... Pergunte-me qualquer coisa sobre os últimos 4 anos.
Korneliya Ninova
Presidente do Partido Socialista da Bulgária

Por agora, o Partido Socialista da Bulgária deverá obter cerca de 15% dos votos, o que o coloca em terceiro lugar.