EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

General de Napoleão retorna a França

General de Napoleão retorna a França
Direitos de autor Pavel Golovkin/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Pavel Golovkin/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Restos mortais de Charles-Etienne Gudin trasladados da Rússia para o país natal

PUBLICIDADE

Mais de 200 anos depois, Charles-Etienne Gudin retorna a França.

Os restos mortais do general de Napoleão Bonaparte regressam ao país de origem, depois de terem sido descobertos em 2019, por uma equipa de arqueólogos liderada pelo francês Pierre Malinowski, na cidade de Smolensk, na Rússia.

Charles-Etienne Gudin foi atingido por uma bala de canhão durante a campanha das forças napoleónicas na Rússia. Depois de se lhe ter amputado uma perna, o general de 44 anos acabaria por morrer de gangrena, no dia 22 de agosto de 1812.

De acordo com os arqueólogos, na época, o exército francês retirou o coração do oficial, enterrando-o, depois numa capela do cemitério Père Lachaise de Paris.

O Executivo liderado por Emmanuel Macron anunciou que está prevista uma cerimónia para o dia 2 de dezembro, o aniversário da vitória de Austerlitz e da coroação de Napoleão Bonaparte em Les Invalides, onde os restos mortais de Charles-Etienne Gudin serão sepultados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Força especial Takuba e polícia municipal desfilam no Dia da Bastilha

Putin assiste a desfile naval em São Petersburgo

Orgulho LGBTQ celebrado em várias cidades