Última hora
This content is not available in your region

Incêndio em Ática dura há cinco dias

Access to the comments Comentários
De  Ioannis Karagiorgas  & Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Incêndio em Ática dura há cinco dias
Direitos de autor  ΚΩΣΤΑΣ ΤΣΙΡΩΝΗΣ/ 2021 ΑΘΗΝΑΙΚΟ-ΜΑΚΕΔΟΝΙΚΟ ΠΡΑΚΤΟΡΕΙΟ ΕΙΔΗΣΕΩΝ
Tamanho do texto Aa Aa

Há cinco dias que o Monte Parnitha, na região de Ática, a poucos quilómetros a norte de Atenas, não para de arder. Depois de uma longa luta com as chamas durante a noite, os bombeiros conseguiram conter as frentes de fogo.

No sábado de manhã, a situação no campo parecia melhor, mas isso pode ser temporário. Sempre que o fogo parece estar sob controlo, surgem novas chamas.

Nas áreas afetadas, o fogo deixa uma devastação total. Centenas de casas e carros foram destruídos. Milhares de pessoas fugiram de casa.

"Estamos no ground zero do grande incêndio na região da Ática", conta o repórter Ioannis Karagiorgas. "O incêndio começou aqui em Varympompi e agora milhares de hectares de floresta na Ática transformaram-se em cinzas. Os residentes estão desesperados ao verem as propriedades destruídas".

Pelo quinto dia consecutivo, trabalha-se 24 horas por dia . As pessoas estão a enviar mantimentos para as frentes de incêndio e a Cruz Vermelha Grega montou tendas para a distribuição. Konstantinos Kantzavelos, Cruz Vermelha Grega, conta: "Estamos sensibilizados com a quantidade de provisões que as pessoas enviam. O que se vê é apenas o que resta, porque estamos continuamente a enviar mantimentos para a frente. O que quer que as pessoas possam enviar: Água, sumo ou comida seca, será útil".

O incêndio que começou há cinco dias, a partir da cidade de Varympompi, viajou para norte. Até agora, arderam mais de 30 mil hectares nos subúrbios norte de Atenas.

Há mais de 60 frentes de fogo ainda ativas no resto do país. O fogo mais devastador de todos ainda grassa em Evia, onde arderam quase 80 mil hectares e muitas aldeias ficaram destruídas. Os bombeiros prometem não parar até que a última chama seja apagada. A restauração das florestas e das propriedades queimadas pode levar meses ou mesmo anos.