Última hora
This content is not available in your region

Incêndios florestais ativos nos Balcãs

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Incêndios florestais ativos nos Balcãs
Direitos de autor  Petros Karadjias/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Vários incêndios florestais ainda estão ativos nos Balcãs. No Montenegro, as chamas lavram nas proximidades de Niksic - a segunda cidade do país que fica a noroeste da capital, Podgorica. Os incêndios estavam praticamente controlados no final da semana passada, mas o vento e o calor favoreceram as chamas.

Na Macedónia do Norte, dezenas de incêndios seguiram uma onda de calor que atingiu as temperaturas mais altas das últimas décadas. Na Turquia, contam-se 13 dias de grandes incêndios. Os bombeiros ainda tentam travar dois locais na província costeira de Mugla, no sudoeste do país.

“A situação está a melhorar”, disse o ministro da Agricultura e Florestas, Bekir Pakdemirli, no domingo, mas que "ainda é muito cedo para dizer que os incêndios estão controlados". Várias zonas desta província no centro-oeste da Turquia foram destruídas e o fogo continua a avançar.

Em Itália, na costa do Adriático, uma reserva turística à beira-mar no norte de Bari foi parcialmente evacuada, devido à propagação das chamas. E, mais a sul, a Calábria foi particularmente atingida pelos incêndios com sessenta ocorrências e duas mortes durante o final da semana.

Incêndios em grande escala também no norte da Rússia. Segundo as autoridades russas (agência meteorológica Roguidromet) mais de 3,4 milhões de hectares de floresta estarão a arder. No norte da Sibéria, Yakutia é ainda a região mais afetada e a situação continua a piorar. Os satélites da NASA registaram imagens de nuvens de fumo até o Polo Norte.