Última hora
This content is not available in your region

Afegãos dão tudo para deixar o país

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Afegãos dão tudo para deixar o país
Direitos de autor  Lance Cpl. Nicholas Guevara/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Em Cabul, a espera transforma-se em angústia para as dezenas de milhares de pessoas que enchem o aeroporto da capital afegã, à espera de um voo que as possa levar para fora do país, depois da promessa deixada pelo presidente Joe Biden de que todos os norte-americanos e todos os afegãos que colaboraram com as forças dos Estados Unidos seriam retirados do Afeganistão.

Enquanto muitos tentam sair por ar, outros tentam escapar por terra, ao posto fronteiriço de Chaman, entre o Afeganistão e o Paquistão, chegam famílias que não querem viver sob o regime dos talibãs. Isto apesar das promessas dos agora outra vez donos do destino do Afeganistão, que prometem um regime mais suave que o que vigorou antes da invasão norte-americana. O Mullah Abdul Ghani Baradar, cofundador do movimento talibã, está em Cabul para conversações tendo em vista a formação de um governo, nas palavras do próprio, "inclusivo".