OMS pede adiamento da 3ªdose para que países atrasados possam vacinar

Access to the comments Comentários
De  euronews
OMS pede adiamento da 3ªdose para que países atrasados possam vacinar
Direitos de autor  Balazs Mohai/MTVA - Media Service Support and Asset Management Fund

Organização mundial da Saúde pede que se adia a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 para adiantar vacinação dos países que têm a vacinação mais atrasada, como é o caso dos países em desenvolvimento.

De visita à Hungria, o Diretor-Geral da OMS pediu que os países adiam a inoculação da terceira dose da vacina contra a covid-19, para que outros países possam ter a oportunidade de vacinar a população.

“O vírus terá a hipótese de circular em países com baixa taxa de vacinação. E a variante delta pode evoluir mais, para ser mais perigosa.", avisou Tedros Adhanom Ghebreyesus. "É por isso que em vez de passarmos para os reforços com a terceira dose, é melhor compartilhar as vacinas com outros países, para que possam aumentar sua taxa da primeira e à segunda doses.", disse o Diretor-geral da OMS. 

Houve vários países a doar vacinas a outras nações. A Hungria foi um deles. Até a esta data, tinha doado 1,5 milhões de doses. Péter Szijjártó, Ministro dos Negócios Estrangeiros, diz que o país está disposto a aumentar a doação, "desde que não coloque em perigo o sucesso do programa de vacinação húngaro". 

Em resposta à Euronews, o Diretor-geral da OMS afirmou que está desapontado com a doação de vacinas no mundo por "75 % das doses que foram produzidas por toda a indústria farmacêutica estarem apenas em 10 países", enquanto que a taxa de vacinação do continente africano é de 2%.