Última hora
This content is not available in your region

Congresso Eucarístico Internacional

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Congresso Eucarístico Internacional
Direitos de autor  Balaton József/MTI
Tamanho do texto Aa Aa

O Congresso Eucarístico Internacional começa este domingo em Budapeste. A capital da Hungria prepara-se para um dos eventos mais importantes do cristianismo, com vários acontecimentos e com uma missa campal celebrada pelo Papa Francisco.

Falámos com o secretário-geral do Congresso Eucarístico Internacional. Kornél Fábry defende que este evento pretende fortalecer a fé dos católicos e sublinhar que a vida eterna é real.

"O Congresso Eucarístico é uma festa com uma enorme herança, e com Jesus na ribalta. Começou no século XIX, com uma peregrinação de uma senhora comum, e tornou-se num grande encontro internacional. Esta será a 52ª edição".

Os fiéis têm de comprar bilhetes para a maioria dos eventos, mas as celebrações são de entrada livre. As máscaras não são obrigatórias, nem os passaportes sanitários.

Os principais acontecimentos têm lugar na Praça dos Heróis, onde o Papa irá pregar no dia 12 de setembro.

"Os trabalhadores estão ocupados a preparar a praça. No domingo, os organizadores esperam 50 mil pessoas para a missa de abertura, e uma semana depois, 100 mil poderão assistir à celebração do Papa Francisco" relata o jornalista da euronews Ádám Magyar.

Há peregrinos de 70 países registados para o evento, mas muitos não irão por causa da pandemia. Os organizadores acreditam que cerca de 5000 peregrinos estrangeiros assistirão ao congresso. O virologista Miklós Rusvai considera que há riscos.

"Nestas circunstâncias, poderiam surgir novas variantes do vírus. De acordo com os exames, na Hungria estão, já, presentes muitas variantes."

O Congresso Eucarístico Internacional ocorre numa altura em que a Hungria parece estar a enfrentar a quarta vaga da pandemia, com o número de novas infeções por Covid-19 a aumentar todos os dias.