Emirados instauram "ponte aérea" para ajudas ao Afeganistão

Emirados instauram "ponte aérea" para ajudas ao Afeganistão
Direitos de autor Bernat Armangue/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Desde o início do mês chegaram a Cabul 11 voos com mais de 250 toneladas de assistência humanitária

PUBLICIDADE

Os Emirados Árabes Unidos instauraram uma "ponte aérea" para encaminhar ajuda humanitária para o Afeganistão.

A informação foi avançada este fim-de-semana pelo diretor regional da empresa GAAC, com base nos Emirados e encarregue, desde novembro de 2020, de gerir as atividades no aeroporto da capital afegã, Cabul.

Ibrahim Moarafi, diretor regional da GAAC:"Posso confirmar que, desde o dia 3 de setembro, o governo dos Emirados Árabes Unidos ativou um corredor aéreo para providenciar assistência humanitária ao governo do Afeganistão. Desde então, recebemos 11 voos, de forma quase diária, e lidámos com 255 toneladas de material médico e alimentos para a população do Afeganistão."

Aliado dos Estados Unidos, o governo dos Emirados geriu, junto com o Catar, a evacuação de mais de dois terços dos afegãos e estrangeiros que deixaram o país com a tomada de poder dos talibãs.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA admitem erro de ataque por 'drone'

Começaram os funerais das vítimas do sismo no Afeganistão

Ajuda internacional custa a chegar ao Afeganistão