Última hora
This content is not available in your region

Internamento de Miloš Zeman deixa Chéquia mergulhada na incerteza

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Internamento de Miloš Zeman deixa Chéquia mergulhada na incerteza
Direitos de autor  Petr David Josek/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A Chéquia está mergulhada na incerteza depois das legislativas terem terminado com menos de um ponto percentual a separar as duas principais forças políticas, e o cenário piorou consideravelmente este domingo depois do Presidente, Miloš Zeman, ter sido hospitalizado.

Apesar de não ter sido revelado o diagnóstico, foi anunciado que Zeman tinha sido transportado para a Unidade de Cuidados Intensivos. A comunicação social local indica que o Presidente checo sofria há algum tempo de problemas no fígado.

O internamento surge numa altura em que o futuro do país está nas suas mãos, uma vez que lhe cabe a missão de designar um partido para formar governo. A vitória nas urnas sorriu à coligação Juntos, liderada por Petr Fiala, mas Zeman já tinha indicado que iria nomear o partido mais votado, e não a coligação, o que dá ainda algumas esperanças a Andrej Babiš, seu velho aliado tangencialmente derrotado nas urnas.

O ainda primeiro-ministro foi o único líder partidário que se conseguiu reunir com o Presidente antes dos seus problemas de saúde terem aumentado ainda mais a incerteza que se vive no país. E se o futuro dos checos está nas mãos de Zeman, o futuro de Zeman está nas mãos das equipas médicas do hospital militar de Praga.