This content is not available in your region

Mineiros polacos protestaram no Luxemburgo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Mineiros polacos protestaram no Luxemburgo
Direitos de autor  AP Photo

Cerca de 2.000 mineiros polacos protestaram, no Luxemburgo, contra uma decisão do Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) de encerrar uma grande mina de carvão na Polónia e de multar o país por desrespeitar a decisão.

Agitando bandeiras do sindicato Solidariedade, os manifestantes gritaram que "não vão entregar Turow", deixaram uma carta de protesto no tribunal e marcharam até à embaixada checa

A mina de carvão de Turow fica na fronteira da Polónia com a Chéquia. Em maio, o tribunal europeu ordenou o seu encerramento, na sequência de queixas do governo de Praga sobre o impacto negativo das operações da mina nas aldeias checas vizinhas.

A Polónia ignorou a injunção, afirmando que a Turow e uma central elétrica adjacente geram cerca de 7% da energia do país e iluminam milhões de lares.

No mês passado o tribunal condenou a Polónia a pagar 500 mil euros por cada dia que a mina continuar a laborar.

Este é mais um foco de tensão e mais um exemplo do desrespeito de Varsóvia pelas instituições europeias.