Ativistas ambientais protestam por justiça climática

Ativistas ambientais protestam por justiça climática
Direitos de autor Etrik Simander/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Manifestantes em vários países exigiram aos líderes mundiais mais medidas de combate às alterações climáticas, a pouco mais de uma semana da COP26.

PUBLICIDADE

Unidos pela causa ambiental, milhares de pessoas em vários países saíram às ruas para uma sexta-feira de protesto. Querem alertar os líderes mundiais para as consequências das alterações climáticas, a pouco mais de uma semana da COP26, a cimeira das Nações Unidas sobre o clima, a realizar-se em Glasgow.

Em Estocolmo, Greta Thunberg, juntou-se aos manifestantes, num regresso a onde tudo começou. Foram as greves à escola da ativista, sempre o mesmo dia da semana, que inspiraram o movimento internacional "Sextas pelo Futuro"

O protesto ganhou contornos especialmente criativos em Milão, onde um grupo de ativistas mascarados de políticos do G20 encenou uma farsa,

Já antes tinham entrado no banco JP Morgan para denunciar os investimentos da empresa em combustíveis fósseis.

Também no Porto, como em Lisboa, o coletivo português "Greve Climática Estudantil" assinalou o dia com manifestações pela urgência da justiça climática. Exigem a requalificação dos profissionais, o desenvolvimento da ferrovia e o investimento nos transportes públicos com vista a torná-los gratuitos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Como é que a China e a Europa vão alcançar a neutralidade carbónica?

Greta Thunberg junta-se a ativistas pelo clima em Milão

Greta Thunberg capa da Vogue