EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Noruega inaugura enorme museu dedicado a Munch

Noruega inaugura enorme museu dedicado a Munch
Direitos de autor Stian Lysberg Solum/Stian Lysberg Solum / NTB
Direitos de autor Stian Lysberg Solum/Stian Lysberg Solum / NTB
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Após uma década de impasses, o museu Munch abriu finalmente as portas ao público, esta sexta-feira.

PUBLICIDADE

A obra de Munch tem finalmente uma casa em nome próprio. Após uma década de impasses, o museu dedicado ao artista norueguês abriu as portas ao público, esta sexta-feira, em Oslo.

Com mais de 60 metros de altura e um exterior construído com materiais reciclados, o Munch é um dos maiores museus dedicado a um único artista.

Os treze andares do edifício, projetados pelo ateliê de arquitetura espanhol Estudio Herreros, terão custado mais de 220 milhões de euros.

A infância conturbada do pintor, pautada por várias mortes e problemas de saúde mental na família, determinou a sua expressão artística ao longo da vida.

Pinturas desenhos, esculturas e fotografias fazem parte do acervo agora exposto, num total de cerca vinte e oito mil obras, e entre elas "O Grito", um dos quadros mais famosos do pintor.

Percursor do impressionismo e expressionismo, Edvard Munch gostava mais de ver as obras apreciadas como um todo, do que peça a peça.

Setenta e sete anos após a morte do artista, o desejo de ver o legado em contexto parece estar a ser cumprido.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Museu da Língua Portuguesa renasce em São Paulo

Berlim abre museu dedicado ao drama dos refugiados alemães

Edvard Munch, um artista para lá de "O Grito"