EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Pesca agita mar da discórdia no Canal da Mancha

Pesca agita mar da discórdia no Canal da Mancha
Direitos de autor BERTRAND GUAY/AFP or licensors
Direitos de autor BERTRAND GUAY/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

França ameaçou o Reino Unido com sanções aduaneiras, caso não obtenha mais licenças para pescar em águas britânicas, tal como esperava após o Brexit.

PUBLICIDADE

França apreendeu, esta quinta-feira, uma traineira britânica a circular em águas francesas sem licença. O incidente acontece um dia depois de Paris ter dado até 02 de novembro para Londres aumentar o número de licenças que permitem aos pescadores franceses trabalhar nas águas territoriais do Reino Unido.

E, caso não aconteça, o porta-voz do governo francês, Gabriel Attal, divulgou que o executivo tem já preparada uma lista de possíveis sanções.

"O que posso dizer para já é que vai haver duas grandes séries de medidas. A primeira série de medidas será aplicada a partir de 2 de novembro, progressivamente ao longo de vários dias, e vai afetar os produtos importados e descarregados em França, nos nossos portos, com, por exemplo, controlos aduaneiros e sanitários sistemáticos dos produtos importados descarregados nos portos da Mancha", revelou.

Depois de o Brexit ter vindo agitar as águas nas relações comerciais entre a União Europeia e o Reino Unido, o governo britânico emitiu apenas uma fração das licenças esperadas por França.

Em resposta ao ultimato, um porta-voz do Primeiro-Ministro Boris Johnson disse que Londres vai retaliar o que descreveu como uma potencial violação do direito internacional.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França reage com fúria à publicação de carta do PM britânico

França exige que Reino Unido respeite acordo das pescas

Batalha naval entre França e Reino Unido