This content is not available in your region

Pagam milhares de euros para entrar na Europa

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Pagam milhares de euros para entrar na Europa
Direitos de autor  AP Photo/Matthias Schrader

A espera continua na fronteira entre a Bielorrússia e a Polónia.

Sagvan, um refugiado iraquiano, diz ter pago nove mil euros por uma viagem para ele, a mulher, o filho e um amigo, entre a Turquia e Minsk. "Não há vida no meu país. Trabalha-se um dia inteiro por apenas 10 dólares. Isto não vai criar uma vida melhor para as crianças, um futuro melhor", lamenta.

O grupo foi identificado pelas autoridades polacas depois de um dia de caminhada dentro da floresta com temperaturas quase negativas.

Sagvan não tem muita esperança de conseguir asilo e a sua história é cada vez mais frequente. A pressão aumenta na fronteira e os guardas polacos registaram 468 tentativas de passagem em apenas um dia.

As autoridades polacas garantem que todos os que pedem asilo em território polaco têm direito a um procedimento de candidatura adequado. Mas os defensores dos direitos humanos duvidam. Magdalena, uma das ativistas que tentam prestar assistência jurídica aos refugiados, diz que os migrantes “são simplesmente chutados de volta para a floresta”.