This content is not available in your region

Julgamento de Ghislaine Maxwell: veredicto é esperado antes do Natal

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
New York
New York   -   Direitos de autor  Elizabeth Williams/AP

Terminaram as alegações finais do julgamento de Ghislaine Maxwell, a companheira de Jeffrey Epstein. O júri já iniciou as deliberações.

A acusação encerrou os argumentos chamando a Maxwell "predadora sofisticada"; a defesa alega que "está a ser julgada por ter vivido com ele", mas que isso não é crime. O veredito é esperado antes do Natal.

Ghislaine Maxwell está a ser julgada por tráfico sexual, acusada de ajudar o companheiro de longa data, o controverso investidor norte-americano, Jeffrey Epstein, a recrutar, preparar e explorar raparigas até 14 anos para abuso sexual. Algumas vítimas acusam-na também de participar nos abusos.

Epstein enforcou-se em 2019 enquanto estava detido e aguardava julgamento por tráfico sexual. Ghislaine Maxwell nega todas as acusações.