This content is not available in your region

Djokovic participou noutro evento no dia de alegado teste positivo à Covid

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Novak Djokovic
Novak Djokovic   -   Direitos de autor  Hamish Blair/AP

Além de ter aparecido num evento da Federação Sérvia, com jovens tenistas, um dia depois de supostamente ter tido um teste positivo à Covid-19, Novak Djokovic esteve noutro evento público no próprio dia em que fez o teste. As novas revelações não parecem demover os fãs, na maioria imigrantes sérvios, que continuam a manifestar apoio, todos os dias, frente ao hotel onde o tenista número um mundial está retido em Melbourne, na Austrália, à espera de uma decisão sobre se pode, ou não, participar no open que se joga a partir do dia 17.

Depois de ver revogado o visto de entrada na Austrália por não estar vacinado contra a Covid, isto apesar de ter uma isenção médica para poder participar no Open, Djokovic alegou ter um teste positivo que data do dia 16 de dezembro. 

Imagens publicadas no Twitter, pelo próprio Djokovic, de evento em que participou no mesmo dia em que alega ter tido teste positivo à Covid-19.

O problema é que isso, a ser verdade, o coloca em maus lençóis: No dia seguinte esteve num evento com dezenas de jovens, em que foi fotografado sempre sem máscara. Agora sabe-se, com imagens a prová-lo, que no próprio dia 16 esteve na sede dos correios da Sérvia para o lançamento de um selo comemorativo. Também aqui interagiu com várias pessoas e sempre sem qualquer máscara de proteção.