This content is not available in your region

Fecha-se o cerco aos não vacinados

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP, AP
euronews_icons_loading
Em França foi adotado o passe de vacinação que proibirá os não vacinados de irem a restaurantes
Em França foi adotado o passe de vacinação que proibirá os não vacinados de irem a restaurantes   -   Direitos de autor  Eraldo Peres/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Foi aprovado em votação final, pelo Parlamento francês, o controverso projeto de lei que introduz a obrigatoriedade de um passe de vacinação para aceder a atividades de lazer, restaurantes e bares, feiras ou transportes públicos inter-regionais. 

Uma votação à qual faltou uma boa parte dos deputados. Ainda assim, 215 dos presentes votaram a favor, 58 contra e houve 07 abstenções. O governo espera implementar a medida ainda este mês após os recursos ao Conselho Constitucional.

Na Grécia, e a partir desta segunda-feira, as pessoas com mais de 60 anos que não tiverem pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19 pagarão multas mensais enquanto não o fizerem. Desde novembro, 220.000 pessoas com mais de 60 anos foram vacinadas, mas mais de 310.000 continuam por se vacinar. 

A Áustria é o primeiro país europeu a tornar a vacinação obrigatória para todos os adultos, a partir de fevereiro. Uma decisão confirmada pelo Chanceler Karl Nehammer. O líder conservador reconhecia tratar-se de um "tópico sensível" mas admitia que quem não cumprir a lei enfrentará uma multa pesada. Ainda assim, havé uma fase _"_introdutória para dar às pessoas a oportunidade de serem vacinadas, de serem convencidas", afirmava.

Em Amesterdão foram milhares as pessoas que se manifestaram, pacificamente. Um protesto contra as restrições impostas pelo governo.