Terceira dose obrigatória para ter "passe sanitário" francês

Terceira dose obrigatória para ter "passe sanitário" francês
Direitos de autor AP Photo/Martin Meissner
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Entretanto, nos Países Baixos as lojas consideradas não-essenciais puderam reabrir, mas com importantes restrições.

França

PUBLICIDADE

O passe sanitário, que permite aceder à maioria dos locais públicos, deixa de ser válido para todos os adultos que não tenham tido a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. A medida, que tinha já sido aplicada aos maiores de 65 anos, dirige-se agora a toda a população com 18 anos e mais.

Ao mesmo tempo que algumas medidas endurecem, há outras que são aliviadas. Em Paris, a máscara deixa de ser obrigatória na rua, por decisão do tribunal administrativo, que invalidou a decisão que obrigava a usá-la.

Países Baixos

Algumas restrições são aliviadas a partir deste sábado. O primeiro-ministro Mark Rutte anunciou as novas medidas. Os ajuntamentos no exterior são agora autorizados até quatro pessoas, enquanto no interior o limite é de apenas duas pessoas. As lojas consideradas não-essenciais voltam a abrir, mas só até às 17 horas e com um limite mais apertado ao número de pessoas que pode estar dentro.

Espanha

Algumas pessoas passam a poder levar uma quarta dose da vacina, que está disponível para aqueles considerados mais vulneráveis, cinco meses depois da terceira dose. Entretanto, a terceira injeção passa a estar disponível para todos os maiores de 18 anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fecha-se o cerco aos não vacinados

Alemanha reforça medidas contra a Covid

Sete pessoas julgadas por fornecer droga suicida a mais de 600 pessoas nos Países Baixos