EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ministro acaba unilateralmente com controlos no mar da Irlanda

Ministro acaba unilateralmente com controlos no mar da Irlanda
Direitos de autor Peter Morrison/ AP
Direitos de autor Peter Morrison/ AP
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Decisão faz com que o governo de Belfast entre em colisão com a Comissão Europeia e põe em risco o protocolo para a Irlanda do Norte.

PUBLICIDADE

O protocolo para a Irlanda do Norte assinado como parte do acordo do Brexit está em risco, depois da decisão tomada unilateralmente pelo ministro da agricultura norte-irlandês Edwin Poots, de acabar com os controlos alfandegários no mar da Irlanda.

Estes controlos, fixados pelo acordo, implicam ao mesmo tempo a imposição de uma fronteira entre a Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte, sendo que ambos os territórios fazem parte do Reino Unido, e que continue a não haver uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, parte da União Europeia, mantendo o que tinha sido fixado pelos acordos de sexta-feira santa em 1998.

Poots é membro do partido unionista DUP e sempre se mostrou contra esta parte do acordo do Brexit, já que impõe uma separação entre a Irlanda do Norte e o resto do Reino Unido. Decidiu agora impor esta medida aproveitando um vazio legal e alegando que são os membros do Sinn Féin, o partido dos católicos da Irlanda do Norte e antigo braço político do IRA, que estão a bloquear uma mudança neste protocolo por parte do governo da Irlanda do Norte. Esta decisão põe o executivo de Belfast em rota de colisão com a Comissão Europeia, que ainda não se pronunciou.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Unionistas terminam bloqueio: parlamento da Irlanda do Norte pode retomar atividade no fim de semana

Batalha legal contra as "prisões" temporárias de requerentes de asilo em Inglaterra

Marcha pela reintegração do Reino Unido na União Europeia