Camionistas em protesto com ordem de saída das ruas de Ottawa

Camionistas em protesto com ordem de saída das ruas de Ottawa
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeiro ministro ativou lei de emergência com direito a detenções e perdas de licença de condução para os incumprimidores

PUBLICIDADE

A polícia de Ottawa está a distribuir panfletos para avisar os camionistas em protesto para abandonarem os acessos à cidade, de forma a evitar detenções e perdas de licença de condução

O primeiro ministro do Canadá invocou uma lei de emergência que permite que o governo exija o fim dos protestos, force as empresas a prestar serviços e limite direitos de mobilidade. 

Omovimento "freedom conway", que dura há três semanas, começou no final de janeiro, os camionistas protestam contra a obrigatoriedade de vacinação para atravessar as fronteiras como medida de combate á covid-19 no país.

Alguns membros em protesto bloquearam várias passagens fronteiriças entre os EUA e Canadá, embora a mais movimentada e importante – "the Ambassador Bridge" que liga Windsor, Ontário, a Detroit – tenha reaberto no fim de semana.

Centenas de camionistas ainda estão nas ruas da capital canadiana

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Canadá recorre à "Lei das Emergências" para terminar com protestos

Fim dos protestos no Canadá

Camionistas mantém protesto do "Comboio da Liberdade" no Canadá