This content is not available in your region

Alemanha suspende certificação do Nord Stream 2

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com Lusa
euronews_icons_loading
Alemanha suspende certificação do Nord Stream 2
Direitos de autor  AP Photo/Dmitry Lovetsky, file

É a resposta da Alemanha depois da Rússia reconhecer formalmente as duas regiões separatistas do leste da Ucrânia. Olaf Scholz anunciou em Berlim uma paragem temporária do gasoduto russo-alemão Nord Stream 2.

"Hoje, pedi ao Ministério Federal da Economia para retirar o relatório sobre a análise da segurança do abastecimento na Agência Federal de Redes. Parece um passo técnico, mas é o necessário, ao abrigo da lei administrativa, para que nenhuma certificação do gasoduto possa ter lugar. E o Nord Stream 2 não pode entrar em funcionamento sem esta certificação”, disse o chanceler alemão, durante uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro irlandês, Micheal Martin, acrescentando que o assunto vai ser "reexaminado" pelo governo alemão.

Por outro lado, Scholz apelou aos esforços diplomáticos entre os "ocidentais" e a Rússia para que seja evitada "uma catástrofe", referindo-se ao reconhecimento da Rússia da independência das autoproclamadas repúblicas populares (separatistas) do leste da Ucrânia.

"São importantes as primeiras sanções para evitar um novo agravamento e uma catástrofe", disse o chanceler alemão. "O objetivo de todos são os esforços diplomáticos", acrescentou Scholz, sublinhando que "oitenta anos depois do final da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) uma guerra ameaça a Europa de Leste".