This content is not available in your region

União Europeia garante armas à Ucrânia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
União Europeia garante armas à Ucrânia
Direitos de autor  Vadim Ghirda/Associated Press

A União Europeia (UE) está a intensificar o apoio à Ucrânia e a avançar com novas sanções contra a Rússia.

Este domingo, a presidente da Comissão Europeia anunciou que, pela primeira vez, o bloco vai financiar a compra e a entrega de armas e outros equipamentos a um país que está a ser atacado.

O plano é gastar 450 milhões de euros em armas para a Ucrânia e mais 50 milhões de euros em outros setores como material médico. A União Europeia também quer fechar o espaço aéreo dos 27 aos aviões da Rússia, incluindo os jatos privados dos oligarcas russos. A medida já tinha sido anunciada, individualmente, por vários países europeus, entre eles Portugal.

"Estamos a encerrar o espaço aéreo da UE para os russos. Estamos a propor a proibição de todas as aeronaves de propriedade russa, registadas na Rússia e controladas por russos. Estes aviões já não poderão aterrar, descolar ou sobrevoar o território da União Europeia", disse Ursula von der Leyen.

A União Europeia vai ainda banir as emissões do canal de televisão “Russia Today” e da agência de notícias “Sputnik”, dois canais de comunicação estatais, considerados “veículos de desinformação tóxica na Europa”.