This content is not available in your region

Embaixadora ucraniana compara Putin a Hitler

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com Lusa
euronews_icons_loading
Inna Ohnivets, embaixadora da Ucrânia em Portugal
Inna Ohnivets, embaixadora da Ucrânia em Portugal   -   Direitos de autor  TIAGO PETINGA/ 2022 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Vladimir Putin está à frente de um regime "autocrático" que pratica "terrorismo" e os países que até agora recusaram a imposição de uma zona de exclusão aérea sobre a Ucrânia têm uma "responsabilidade moral".

As palavras são da embaixadora ucraniana em Portugal, Inna Ohnivets, em entrevista à agência Lusa:

"O regime de Putin é um regime autocrático que realiza terrorismo na prática."

"O presidente [ucraniano] sublinhou que a responsabilidade é do Estado russo, [...] mas a responsabilidade moral também recai sobre aqueles que hesitam em fechar o céu, ou seja, aprovar a decisão sobre uma 'no fly zone'."

A diplomata frisou a importância de garantir passagem segura para quem foge da guerra, sem poupar críticas ao Kremlin:

"O ditador Putin declarou que ele vai realizar uma operação humanitária na Ucrânia, mas isso é um apelo muito cínico. Isso significa que a Rússia de Putin realiza agora um projeto muito semelhante ao que Hitler realizou na Alemanha nazi."

Ohnivets elogiou o apoio do governo português no transporte e acolhimento de refugiados ucranianos que chegam ao país.