Primeiras multas do "Partygate" podem ser entregues hoje

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, a sair do n.°10 de Downing Street
Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, a sair do n.°10 de Downing Street Direitos de autor Alastair Grant/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Caso remonta a 2020, em plena pandemia de covid-19, quando membros do governo britânico, incluindo Boris Johnson, participaram em festas no n.°10 de Downing Street, violando regras do confinamento imposto no Reino Unido.

PUBLICIDADE

As primeiras multas por violação das restrições sanitárias da covid-19 no Reino Unido estão prestes a ser emitidas.

Estima-se que a polícia britânica multe pelo menos 15 pessoas, na sequência de uma investigação às festas dadas por membros do governo durante o confinamento.

Apesar de o primeiro-ministro ter admitido a participação em alguns dos eventos, não é certo que Boris Johnson seja para já um dos contemplados pelas autoridades.

No início do ano, tornou-se do conhecimento público a festa dada no famoso número 10 de Downing Street celebrada em plena pandemia, mais concretamente em maio de 2020, para comemorar o aniversário do líder do executivo, quando no Reino Unido estavam em vigor duras restrições sanitárias.

O caso, que então ficou conhecido como "Partygate", levou a um pedido de desculpas de Boris Johnson aos britânicos e do governo à rainha Isabel II.

Ainda assim, o "mea culpa" não convenção a oposição, levando o líder dos Trabalhistas a pedir a demissão do primeiro-ministro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia investiga "Partygate"

Girafa de espécie rara sai à rua pela primeira vez no Zoo de Chester

Rei Carlos III volta a aparecer em público na missa de Páscoa