This content is not available in your region

Grand Slam de Antália: medalhas para os mais jovens e bronze para Bárbara Timo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
screenshot
screenshot   -   Direitos de autor  Euronews

Segundo dia do Grand Slam de Antália, dia da cerimónia oficial de abertura, presidida pelo presidente da Federaçao Internacional de Judo, Marius Vizer, e pelo presidente da Federaçao turca de Judo, Sezer Huysuz.

Lucy Renshall regressou na sua melhor forma para a defesa do título do ano passado em Antália. A britânica derrotou a húngara, Szofi Ozbas, e somou quatro medalhas de ouro num Grand Slam. Lucy Renshall, um nome a não esquecer na categoria de -63kg.

O presidente da Federação Internacional de Judo, Marius Vizer, apresentou as medalhas.

Em -73kg, o jovem-sensação Giorgi Terashvili, da Geórgia, conquistou a sua primeira medalha de sempre no circuito mundial de judo, e foi a de ouro. O judoca venceu o italiano Manuel Lombardo, que subiu recentemente de categoria de peso.

Os atletas foram premiados pelo presidente do grupo de investimentos CEDCO Hungria, Michael Michaely.

A final da antiga campeã mundial em -70kg, Marie-Ève Gahié, foi uma montanha-russa. Depois de estar a perder, a francesa derrotou a adversária austríaca Bernardette Graf, marcando um enfático ippon. Depois de ter perdido a qualificação para os Olímpicos em Tóquio, Gahié parece estar outra vez em forma.

As judocas foram condecoradas pelo diretor geral da Federaçao Internacional de Judo, Vlad Marinescu.

No início, estava a perder por waza-ari, e tive que me acalmar e não entrar em pânico porque normalmente entro em pânico. Disse a mim mesma que tenho tempo.
Marie-Ève Gahié

Nos -81kg, o jovem brasileiro Guilherme Schmidt causou furor ao derrotar, a caminho da final, o belga campeão do mundo Matthias Casse. Na final esperava-o a potência do judo Vedat Albayrak. Mas o brasileiro não se deixou intimidar e prevaleceu sobre o turco a competir em casa com um golpe de braços, já no tapete. Esta foi a sua primeira medalha de sempre num Grand Slam.

As medalhas foram apresentadas pelo presidente do grupo Yükselir, Yavuz Yükselir.

Tentei manter a calma e concentrar-me na luta, principalmente quando estive a perder por waza-ari. Tive que me esforçar muito para ganhar e estou muito feliz por conquistar a minha primeira medalha de ouro.
Guilherme Schmidt

Mas não faltaram razôes para o público da casa celebrar, com os judocas turcos a mostrarem um desempenho exemplar durante todo o dia, em particular na luta no tapete. Uma fonte de inspiração para os muitos jovens adeptos na assistência.

A seleção portuguesa

A portuguesa Bárbara Timo (-63 kg) conquistou uma medalha de bronze no Grand Slam, após vencer a venezuelana n.º3 do mundo, Anriquelis Barrios, por waza ari, já no ponto de ouro.

International Judo Federation
Bárbara Timo e Anriquelis Barrios no combate pela medalha de bronzeInternational Judo Federation

João Fernando (-81 kg) perdeu nos oitavos-de-final, perante o turco Vedat Albayrak, terminando em 9.º lugar.

Portugal compete no Grand Slam de Antália com uma equipa de nove judocas: Catarina Costa (-48 kg), Joana Diogo (-52 kg), Telma Monteiro (-57 kg), Bárbara Timo (-63 kg), Patrícia Sampaio (-78 kg), Rodrigo Lopes (-60 kg), Francisco Mendes (-60 kg), João Fernando (-81 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).

No primeiro dia da prova, Telma Monteiro (-57 kg) e Rodrigo Lopes (-60 kg) ficaram perto do pódio, alcançando o 5.º lugar.

Este domingo, último dia do evento, estarão em prova Patrícia Sampaio (-78 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).