This content is not available in your region

Cultura chega à mercearia em Alijó

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
"Quatro Paredes Caiadas" em Alijó
"Quatro Paredes Caiadas" em Alijó   -   Direitos de autor  Screenshot from RTP video via Eurovision

Os produtos locais são as estrelas da companhia na Casa dos Noura mas é a cultura que promete colocar Alijó no mapa. A localidade de 10 mil habitantes no interior de Portugal apostou forte nesta mistura entre mercearia e centro cultural e a abertura foi assinalada com "Quatro paredes caiadas", exposição de Joana Vasconcelos.

A artista sublinhou que a cultura não tem lugar: "acho que a cultura deve estar presente por todos os lugares. Não é só no litoral ou nas grandes cidades europeias. Todas as cidades e todas as pessoas precisam de cultura. Nesse aspeto, a cultura tem de ser disseminada e mostrada em todos os lugares. Não há o lugar certo, o lugar melhor, o lugar correto ou mais adequado... o que há, é levar a cultura a todos."

O Centro de Mostra e Amostra dos Produtos Endógenos promete tornar-se num polo dinamizador para os produtores da região mas também um ponto de interesse turístico e representa um investimento de cerca de um milhão de euros.