This content is not available in your region

Nove polícias feridos em protesto de extrema-direita na Suécia

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
AP
AP   -   Direitos de autor  KICKI NILSSON/AFP

O político de extrema-direita Rasmus Paludan da Dinamarca, líder do partido de Stram Kurs, está em campanha pelo Suécia.

A comitiva organizou um evento na cidade de Orebro, a 200 quilómetros de Estocolmo. Vários manifestantes denunciaram que, nesse evento, era intenção de um grupo de extrema-direita queimar um Alcorão, o livro sagrado do Islão. O evento acabou em confrontos com a polícia, deixando pelo menos nove militares do exército feridos.