EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Nove polícias feridos em protesto de extrema-direita na Suécia

AP
AP Direitos de autor KICKI NILSSON/AFP
Direitos de autor KICKI NILSSON/AFP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Evento acabou em confrontos entre polícia e manifestantes

PUBLICIDADE

O político de extrema-direita Rasmus Paludan da Dinamarca, líder do partido de Stram Kurs, está em campanha pelo Suécia.

A comitiva organizou um evento na cidade de Orebro, a 200 quilómetros de Estocolmo. Vários manifestantes denunciaram que, nesse evento, era intenção de um grupo de extrema-direita queimar um Alcorão, o livro sagrado do Islão. O evento acabou em confrontos com a polícia, deixando pelo menos nove militares do exército feridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dinamarca regressa à "normalidade"

Tempestade "Malik" faz pelo menos quatro mortos entre o Reino Unido e a Dinamarca

O futuro da Europa: dos combustíveis fósseis à dependência dos metais?