EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Confrontos violentos na Cisjordânia

Palestinianos atiraram pedras e pneus a arder aos soldados israelitas
Palestinianos atiraram pedras e pneus a arder aos soldados israelitas Direitos de autor أ ب
Direitos de autor أ ب
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Palestinianos e forças israelitas entram em confronto, na Cisjordânia, após marcha de milhares de israelitas para antigo colonato

PUBLICIDADE

Centenas de palestinianos e tropas israelitas entraram em confronto na vila de Burqa, na Cisjordânia ocupada.

A violência escalou quando milhares de israelitas marcharam para o local de um colonato, que foi evacuado e 2005, e pediram ao Governo que o reconstruísse. Segundo paramédicos palestinianos, pelo menos oito pessoas foram tratadas a ferimentos de balas de borracha ou devido ao gás lacrimogéneo.

"Viemos para defender nosso país. Grupos de colonatos sionistas anunciaram que iriam em grupos, cerca de 10.000 pessoas, para Homesh, que foi evacuado... Esta terra é nossa. Por Burqa, viemos para defender este país e esta terra. Devemos defender Burqa e sua terra", afirmou um dos manifestantes.

As Nações Unidas apelaram, esta terça-feira à redução da violência e das tensões em Israel e na Cisjordânia, pedindo para que seja encontrada uma solução política para o conflito.

Há cerca de um mês, a violência escalou, com ataques em território israelita que foram seguidos de incursões do exército de Israel na Cisjordânia. Pelo menos 40 pessoas morreram.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Palestinianos assassinados por soldados israelitas

Tensão e violência crescente entre israelitas e palestinianos

Tribunal da ONU considera ilegal a ocupação dos territórios palestinianos por Israel