EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Madeleine Albright, primeira mulher secretária de Estado nos EUA homenageada

Cerimónias fúnebres decorreram na Catedral em Washington
Cerimónias fúnebres decorreram na Catedral em Washington Direitos de autor Manuel Balce Ceneta/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Manuel Balce Ceneta/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews, Lusa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma homenagem por cerca de 1400pessoas, incluindo antigos presidentes dos EUA e a segunda mulher a chefiar a diplomacia norte-americana

PUBLICIDADE

Madeleine Albright, a primeira mulher a ocupar o cargo de secretária de Estado nos Estados Unidos, foi homenageada esta quarta-feira por políticos norte-americanos e mundiais.

O presidente dos Estados Unidos,Joe Biden, afirmou que a NATO não seria tão forte se não fosse o trabalho de Madeleine Albright, e teceu elogios à capacidade da diplomata em romper barreiras.

"Com a sua bondade e elegância, humanidade e intelecto, ela mudou o curso da História", afirmou.

Entre as cerca de 1.400 pessoas presentes na Catedral Nacional em Washington estavam os ex-presidentes Barack Obama e Bill Clinton, e a antiga primeira-dama e segunda mulher a tornar-se secretária de Estado na História dos Estados Unidos, Hillary Clinton.

Hillary Clinton destacou igualmente o papel da antiga chefe da diplomacia nortemericana, entre 1997 e 2001, e lembrou a famosa frase de Madeleine Albright de que "há um lugar especial no inferno para mulheres que não apoiam as outras mulheres", acrescentando que os anjos que a receberam no céu "nunca viram ninguém como ela".

Antes de assumir a diplomacia norte-americana, Albright ocupou o cargo de embaixadora dos EUA na ONU (1993-1997).

Natural de Praga, fugiu com a família da Checoslováquia em 1939, e viveu o período da Segunda Guerra Mundial em Londres. Depois de regressar ao país de origem, a família partiu para os Estados Unidos em 1948, quando Madeleine Albright tinha 11 anos.

Madeleine Albright morreu em Março, aos 84 anos, vítima de cancro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu Madeleine Albright

"Julgo que a situação atual é pior do que quando estava em funções, nos anos 90", Madeleine Albright, ex-secretária de Estado dos EUA

Stoltenberg diz que 23 países da NATO vão atingir limite mínimo de despesa militar