This content is not available in your region

Renault vende participações na Rússia por um rublo

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Renault detinha 68% da Avtovaz
Renault detinha 68% da Avtovaz   -   Direitos de autor  Mikhail Metzel/AP2010

A Renault decidiu separar-se da filial russa Avtovaz, proprietária da marca Lada, saindo assim da Rússia. A construtora automóvel francesa tinha sido criticada por ser uma das poucas empresas ocidentais a manter uma atividade no país depois da eclosão da Guerra na Ucrânia.

A Renault vende 100% da Renault Rússia ao Município de Moscovo e os 68% que detinha na Avtovaz ao NAMI, o instituto público russo de pesquisa e desenvolvimento do setor automóvel. O acordo, aprovado por unanimidade no Conselho de Administração do grupo francês, dá a Renault um direito de opção que lhe permite reaver as partes agora vendidas, ao longo dos próximos seis anos, se assim o desejar.

Segundo o ministro russo da Indústria e Comércio, Denis Manturov, os ativos foram vendidos pelo valor simbólico de um rublo. A fábrica perto de Moscovo onde eram fabricados modelos da Renault e da Nissn foi encerrada.