EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Renault vende participações na Rússia por um rublo

Renault detinha 68% da Avtovaz
Renault detinha 68% da Avtovaz Direitos de autor Mikhail Metzel/AP2010
Direitos de autor Mikhail Metzel/AP2010
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois de muitas críticas, grupo francês deixa as atividades na Rússia, com a venda da Renault Rússia e da participação na casa-mãe da Lada.

PUBLICIDADE

A Renault decidiu separar-se da filial russa Avtovaz, proprietária da marca Lada, saindo assim da Rússia. A construtora automóvel francesa tinha sido criticada por ser uma das poucas empresas ocidentais a manter uma atividade no país depois da eclosão da Guerra na Ucrânia.

A Renault vende 100% da Renault Rússia ao Município de Moscovo e os 68% que detinha na Avtovaz ao NAMI, o instituto público russo de pesquisa e desenvolvimento do setor automóvel. O acordo, aprovado por unanimidade no Conselho de Administração do grupo francês, dá a Renault um direito de opção que lhe permite reaver as partes agora vendidas, ao longo dos próximos seis anos, se assim o desejar.

Segundo o ministro russo da Indústria e Comércio, Denis Manturov, os ativos foram vendidos pelo valor simbólico de um rublo. A fábrica perto de Moscovo onde eram fabricados modelos da Renault e da Nissn foi encerrada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Negociações da UE para a proibição do petróleo russo deverão arrastar-se até final de Maio

Tribunal russo condena soldado americano a quase quatro anos de prisão por roubo

Jornalista norte-americano Evan Gershkovich vai ser julgado na Rússia por espionagem