Soldados ucranianos falam em "inferno na terra" no Donbass

Intensos combates na região do Donbass.
Intensos combates na região do Donbass. Direitos de autor AP/Russian Defense Ministry Press Service
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A conquista da região do Donbass é um dos objetivos declarados de Moscovo desde o início da guerra.

PUBLICIDADE

Um inferno na terra”. Estas foram as palavras utilizadas pelos soldados ucranianos para classificaram o que se passa na frente de combate na região do Donbass, no leste da Ucrânia.

Artem Ruban, militar do batalhão Svoboda, realçou o heroísmo e a moral elevada dos colegas, apesar dos intensos combates. O soldado disse que irão "continuar a lutar contra o inimigo" até conseguirem recuperar as fronteiras de 2014, incluindo a Crimeia e as outras cidades.

Ruban acrescentou que na linha da frente, no Donbass, a situação era muito difícil e recordou que não estravam a lutar "em condições ditas humanas". À luz da distância temporal, é difícil explicar como se sentiam ou como eram as coisas lá, salientou. O objetivo das tropas ucranianas era destruir o inimigo e lutar até ao fim, explicou.

Este soldado foi um dos muitos que teve de retirar-se de Severodonetsk a 24 de junho, após o avanço das tropas russas. Esta cidade é estratégica para o total controlo da região do Donbass, um dos objetivos declarados de Moscovo desde o início da guerra.

Após a tomada de Severodonetsk, o Kremlin tenta agora conquistar Lysychansk, do outro lado do rio Donets. Se conseguir, estará cada vez mais perto de conseguir atingir os seus objetivos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governador de Donetsk apela à evacuação da região

Guerra na Ucrânia: Kiev derruba um A-50, Moscovo ataca Odessa

Dirigentes da UE reúnem-se em Kiev para assinalar os dois anos da invasão russa