This content is not available in your region

Avião de carga ucraniano despenha-se no norte da Grécia

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Destroços do avião que se despenhou na Grécia
Destroços do avião que se despenhou na Grécia   -   Direitos de autor  Giannis Papanikos/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Um avião de carga Antonov operado por uma companhia aérea ucraniana despenhou-se no sábado perto da cidade de Kavala, no norte da Grécia.

Segundo os média gregos, havia oito pessoas no avião, que transportava 12 toneladas de "materiais perigosos", na sua maioria explosivos.

Os residentes locais relataram ter visto uma bola de fogo e ouvido explosões durante duas horas após o despenhamento do aparelho.

As autoridades gregas dizem não saber o conteúdo da carga do avião, mas, por precaução, o presidente do município de Paggaio, Filippos Anastasiadis, diz que a proteção civil e agência de emergência enviaram um alerta às duas povoações mais próximas, para que "os residentes mantenham as janelas fechadas e não usem os aparelhos de ar condicionado".

A autoridade da Aviação Civil da Grécia disse que o piloto alertou as autoridades sobre um problema num dos motores do avião e que lhe foi dada a opção de aterrar nos aeroportos de Salónica ou Kavala, tendo escolhido o de Kavala.

O avião despenhou-se a 40 quilómetros do aeroporto.

Testemunhas relatam ter visto uma bola de fogo antes do acidente.

Segundo as autoridades gregas da aviação civil, o voo dirigia-se da Sérvia para a Jordânia. O An-12, um avião turbo-hélice de construção soviética, era operado pelo cargueiro Meridian, de acordo com a televisão pública grega, ERT.

A ERT informou ainda que peritos do exército e de explosivos foram enviados para o local, uma área de terrenos agrícolas, perto de duas aldeias que fazem parte do município de Paggaio.

O serviço de bombeiros isolou a área num raio de cerca de 400 metros, que poderá vir a ser expandida.