EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Zelenskyy visita a cidade de Izium

Volodymyr Zelenskyy observa o hastear da bandeira ucraniana
Volodymyr Zelenskyy observa o hastear da bandeira ucraniana Direitos de autor Leo Correa/Associated Press
Direitos de autor Leo Correa/Associated Press
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente da Ucrânia visita áreas recuperadas no leste do país. Após retirada do exército russo, há suspeitas de terem sido cometidos crimes de guerra na região de Kharkiv

PUBLICIDADE

O presidente ucraniano visitou, esta quarta-feira, Izium, uma das localidades recentemente recuperadas do domínio russo, no leste da Ucrânia.

Volodymyr Zelenskyy registou as condições em que a cidade ficou agora que as forças de Kiev reconquistaram uma grande parte da região, expulsando os militares de Moscovo que haviam tomado o controlo desde o início da invasão, em fevereiro.

Tal como aconteceu em Bucha, o cenário é desolador.

"O que vemos é muito chocante, mas não é chocante para mim porque vimos as mesmas imagens em Bucha e nos primeiros territórios desocupados. Portanto, o mesmo: edifícios destruídos, pessoas mortas. O que posso dizer? Essa é a parte da nossa verdadeira história e a parte da Nação Russa moderna de hoje... Significa que com o nosso exército, a vida, volta", sublinha o chefe de Estado ucraniano.

As autoridades ucranianas estão, agora, a apurar o que se passou durante estes seis meses de ocupação russa. Os investigadores anunciaram que estão a surgir indícios de também aqui foram cometidos crimes de guerra. Por exemplo, numa das localidades, agora recuperadas, na região de Kharkiv, foram encontrados seis corpos com indícios de tortura, em outra, os soldados russos terão assassinado civis, enterrando-os depois em valas comuns.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centenas de cadáveres retirados de vala comum em Izium

Residentes das localidades ucranianas retomadas relatam a fuga dos invasores russos

Aos poucos, aldeias de Kharkiv e Zaporíjia vão sendo reconstruídas