Zapríjia foi fustigada por mísseis russos durante a noite

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Cratera provocada por um míssil russo na cidade de Zaporíjia, no sul da Ucrânia
Cratera provocada por um míssil russo na cidade de Zaporíjia, no sul da Ucrânia   -  Direitos de autor  Efrem Lukatsky/AP Photo

A cidade de Zaporíjia, no sul da Ucrânia, foi fustigada durante a noite pelos mísseis russos.

Segundo o tweet da vice-ministra dos Negócios Estrangeiros, Emine Dzhepar pelo menos 15 explosões abalaram a cidade. Pelo menos uma pessoa morreu.

A ministra diz que foram destruídas uma instituição de ensino, uma instituição médica, e edifícios residenciais.

No total, 16 pessoas morreram e quase uma centena ficou ferida nos ataques russos em zonas residenciais de Zaporíjia desde domingo.

Para além do horror da morte e destruição quotidiana, Zaporíjia é a zona onde está situada a maior central nuclear da Europa, que concentra as atenções da comunidade internacional por receio de que os ataques provoquem uma verdadeira catástrofe nuclear.