Filipinas seguem rasto de destruição da tempestade Nalgae

Contam-se mais de sete centenas de casas destruídas e perto de 160 mil habitantes deslocados
Contam-se mais de sete centenas de casas destruídas e perto de 160 mil habitantes deslocados Direitos de autor AP/Copyright 2022 The AP
Direitos de autor AP/Copyright 2022 The AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades contam mais de 60 mortos mas números podem aumentar

PUBLICIDADE

Manila ficou parcialmente debaixo de água, depois da passagem da tempestade tropical Nalgae que fez mais de 60 mortos em oito províncias do arquipélago das Filipinas.

Cerca de duas dezenas de corpos foram resgatados na província de Maguindanao, a sul. Segundo as autoridades locais, este número pode chegar à centena. Ao que tudo indica, o receio de um tsunami levou vários habitantes a procurar refúgio em zonas mais altas, mas foram apanhados por deslizamentos de terras.

Contam-se mais de sete centenas de casas destruídas, cheias um pouco por todo o país e perto de 160 mil habitantes deslocados para abrigos. 

Mais de uma centena de voos tiveram de ser cancelados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tempestade de Inverno provoca pelo menos 50 mortos nos EUA

Dinamarqueses exigem ações concretas em prol do clima

Milhares de casas inundadas no Cazaquistão