Ativistas ambientais portugueses invadem edifício onde estava ministro

Polícia arrasta manifestante para fora do edifício da Ordem dos Contabilistas, Lisboa, Portugal
Polícia arrasta manifestante para fora do edifício da Ordem dos Contabilistas, Lisboa, Portugal Direitos de autor Armando Franca/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Estudantes gritavam "Fora, Costa e Silva!", exigindo a demissão do ministro português da Economia e do Mar.

PUBLICIDADE

Dezenas de estudantes invadiram um edifício em Lisboa, este sábado, onde se encontrava o ministro português da Economia e do Mar. António Costa e Silva estava num evento privado, na Ordem dos Contabilistas, quando os manifestantes que participavam na marcha contra o "fracasso climático" chegaram.

A iniciativa estava inserida num conjunto de ações de protesto iniciadas na passada segunda-feira pelo movimento Greve Climática Estudantil Lisboa. Os estudantes ocuparam também escolas e universidades da capital, para exigir o fim dos combustíveis fósseis até 2030 e a demissão de Costa e Silva.

As ocupações estão a ser realizadas em paralelo com a Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP27), que decorre em Sharm el-Sheikh, no Egito, até ao dia 18 de novembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ativistas pedem justiça climática para o continente africano

Estudantes de Lisboa manifestam-se em defesa do Ambiente e do futuro

Duas manifestações completamente opostas tomam as ruas de Lisboa