EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Zelenskyy: "Defesa aérea ucraniana pode tornar-se a mais poderosa da Europa"

Vista aérea de zona de combates na Ucrânia
Vista aérea de zona de combates na Ucrânia Direitos de autor Libkos/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Libkos/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy disse na sexta-feira que "a defesa aérea ucraniana pode tornar-se a mais poderosa da Europa"

PUBLICIDADE

Os combates na na região de Donetsk, na Ucrânia, são intensos e diz-se que as forças russas, situadas em torno da cidade de Bakhmut, estão esgotadas. As tropas ucranianas contam com o apoio de uma unidade de elite de drones conhecida como "As Asas de Madyar" que fornece informações em tempo real às baterias de artilharia ucraniana.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, disse na sexta-feira que as forças do seu país estão "a ocupar posições" no Donbass e até "a avançar gradualmente" em algumas áreas.

No seu discurso habitual no final do dia, Zelenskyy afirmou: "Este ano, não só preservámos a nossa defesa aérea, como a tornámos mais forte do que nunca. Mas, no novo ano, a defesa aérea ucraniana tornar-se-á ainda mais forte, ainda mais eficaz. A defesa aérea ucraniana pode tornar-se a mais poderosa da Europa e garantirá segurança não só para o nosso país, mas também para todo o continente".

A defesa aérea ucraniana pode tornar-se a mais poderosa da Europa e garantirá segurança não só para o nosso país, mas também para todo o continente".
Volodymyr Zelenskyy
Presidente da Ucrânia

No final do discurso, Zelenskyy agradeceu a todos os militares e civis que lutam pela Ucrânia. 

Todos se preparam para fazer mais e melhor, como os guardas de defesa territorial e de fronteira da Ucrânia que fazem formação perto da fronteira com a Bielorrússia na região de Volyn.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

No último dia do ano, Rússia ataca várias cidades ucranianas

Putin diz que não quer tomar cidade de Kharkiv

Zelenskyy visita Kharkiv e admite situação "extremamente difícil" na região