2022 com novo recorde de migrantes no Canal da Mancha

Barco da guarda-costeira do Reino Unido com migrantes intercetados no Canal da Mancha (arquivo)
Barco da guarda-costeira do Reino Unido com migrantes intercetados no Canal da Mancha (arquivo) Direitos de autor BEN STANSALL/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Aumento exponencial no número de travessias clandestinas registado no ano passado, com barcos cada vez maiores e mais lotados

PUBLICIDADE

Para o Canal da Mancha, 2022 foi um ano de novos recordes no número de travessias clandestinas de migrantes em direção ao Reino Unido. 

Segundo dados oficiais, perto de 46.000 pessoas atravessaram o Canal no ano passado, um forte aumento em relação às 28.500 que tentaram a travessia em 2021. 

Uma das principais preocupações é a constatação de que os traficantes usam embarcações cada vez maiores e mais sobrelotadas, muitas vezes com consequências mortíferas. 

De uma média de 13 pessoas por barco em 2020, os números aumentaram para cerca de 45 migrantes por embarcação no ano passado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mortes de migrantes no Canal da Mancha levantam questões em Londres e Paris

Pescador egípcio detido na Grécia recebe uma pena "menor" de 280 anos

Mais de 10 milhões de crianças foram obrigadas a abandonar as suas casas em 2023