EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Dois irmãos suecos condenados por espionarem a favor da Rússia

Tribunal de Estocolmo apresentou o veredicto esta quinta-feira.
Tribunal de Estocolmo apresentou o veredicto esta quinta-feira. Direitos de autor Jessica Gow/Jessica Gow
Direitos de autor Jessica Gow/Jessica Gow
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Dois irmãos suecos, nascidos no Irão, foram condenados por um tribunal de Estocolmo por espionagem contra a Suécia, a favor da Rússia.

PUBLICIDADE

Dois irmãos suecos, de naturalidade iraniana, foram condenados por um tribunal de Estocolmo por espionagem contra a Suécia, a favor da Rússia.

Måns Wigren, juiz, salientou que os dois acusados agiram por dinheiro. "O único objetivo, como podemos ver pelas provas, tem sido o de os envolvidos simplesmente se enriquecerem a si próprios. E não existem circunstâncias atenuantes", salientou o responsável sueco.

Peyman Kia, de 42 anos, trabalhou vários anos para os serviços secretos suecos e terá transmitido vários documentos confidenciais a Moscovo. Foi por isso condenado a prisão perpétua no país. 

"Peyman Kia cometeu um ato de espionagem que se enquadra nas categorias mais graves, envolvendo assuntos de altíssima importância", sublinhou ainda o juiz. 

Imagem SESVT
Peyman KiaImagem SESVT

Já o irmão, Payman Kia, ajudaria, alegadamente, nas operações, mas foi apenas sentenciado a 9 anos e 10 meses.  Os dois foram detidos em 2021 e acusados de terem "trabalhado" a favor do Kremlin durante uma década.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Polónia defende punição severa para crimes de guerra da Rússia

Zelenskyy pede aos aliados internacionais para acelerar apoio contra a Rússia

O futuro da Europa: dos combustíveis fósseis à dependência dos metais?