EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ucrânia prepara-se para nova ofensiva da Rússia

Tropas de Kiev em sessões de treino sobre tanques Leopard 2
Tropas de Kiev em sessões de treino sobre tanques Leopard 2 Direitos de autor Michal Dyjuk/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Michal Dyjuk/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Nara Madeira com AP, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Militares ucranianos treinam na Polónia utilização dos tanques Leopard 2 enquanto esperam nova ofensiva da Rússia.

PUBLICIDADE

Com a Ucrânia a preparar-se para uma nova ofensiva da Rússia, tropas de Kiev estão a participar em sessões de treino, na Polónia, relativas aos tanques Leopard 2, como parte da assistência militar da União Europeia ao país. 

Varsóvia está entre os apoiantes mais ativos da vizinha Ucrânia e impulsionou as nações europeias a fornecer este equipamento militar.

É provável que a Rússia tente defender território que anexou ilegalmente, no final de setembro, e onde reivindica que o seu governo é bem-vindo. Imagens do antes e depois mostram a destruição da região de Donetsk onde as tropas do Kremlin estão, atualmente, envolvidas em batalhas.

Moscovo afirma também ter tomado a aldeia de Krasna Hora, perto de Bakhmut. Mencionando a presença de "unidades de assalto voluntárias". Uma rara confirmação, por parte do Exército russo, do envolvimento de combatentes do grupo paramilitar Wagner.

Na cidade de Kherson, que em tempos esteve sob controlo russo, precisa-se, urgentemente, de médicos voluntários. Apesar dos incessantes bombardeamentos russos os residentes veem-se obrigados a sair dos abrigos para procurar o tratamento de que precisam para doenças crónicas, negligenciadas durante a ocupação russa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia: Sobreviver à destruição deixada pelas bombas russas

Míssil russo lançado contra a Ucrânia viola espaço aéreo da Polónia

Agricultores polacos bloqueiam centenas de passagens na fronteira ucraniana, Kiev ameaça retaliação