EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Acolhimento de refugiados ucranianos na Moldávia um ano depois do início da guerra

Acolhimento de refugiados na Moldávia
Acolhimento de refugiados na Moldávia Direitos de autor AP/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
Direitos de autor AP/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Desde o início da guerra, há um ano, mais de 750 mil pessoas fugiram para o pequeno país que é um dos mais pobres da Europa.

PUBLICIDADE

O jornalista da euronews, Bryan Carter, foi até Palanca, na parte sul da Moldávia, até à fronteira com a Ucrânia - um local que fica a apenas uma hora de carro de Odessa.

Desde o início da guerra, há um ano, mais de 750 mil pessoas fugiram para o pequeno país da Moldávia, e cerca de 100 mil permaneceram. Nesta edição de Witness, vemos como estas pessoas vivem hoje e quais são as suas esperanças para o futuro. A Moldávia é um dos países mais pobres da Europa. Desde o início da guerra na Ucrânia, tem recebido refugiados de braços abertos.

"A guerra começou e decidimos que o mínimo que podemos fazer é unir-nos e tentar oferecer o apoio que pudermos às pessoas que fogem da Ucrânia", disse a coordenadora do programa de Paz na Moldávia, Constanta Dohotaru.

As Organizações Não Governamentais oferecem espaços seguros para mulheres e crianças refugiadas. A maioria dos refugiados ucranianos vive com famílias de acolhimento moldavas.

Mantemos este local como plano de contingência, porque ainda há uma guerra em curso na Ucrânia.
Tim Shoffner
ACNUR - Moldávia

Na fronteira com a Ucrânia a situação está quase a voltar ao normal. As pessoas circulam agora entre a Moldávia e a Ucrânia, mas as organizações internacionais permanecem em alerta no caso de uma escalada da guerra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A luta dos milhões de ucranianos que ainda vivem fora do país

Um ano de guerra na Ucrânia: Zelenskyy lembra "o dia mais longo das nossas vidas"

Ataque russo com mísseis faz seis mortos em subúrbio de Kharkiv