Ouro para Uzbequistão ao segundo dia do Grand Slam de Tashkent

Segunda jornada do Grand Slam de Tashkent foi repleta de emoções fortes
Segunda jornada do Grand Slam de Tashkent foi repleta de emoções fortes Direitos de autor International Judo Federation
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Murodjon Yuldoshev impôs-se na final de -73 kg

PUBLICIDADE

Ao segundo dia do Grand Slam de Judo de Tashkent, a Yunusobod Sport Arena voltou a encher-se de adeptos da modalidade.

A energia da multidão foi contagiante, enquanto assistiam a uma apresentação tradicional uzbeque, antes do presidente da Federação Internacional de Judo (FIJ), Marius Vizer, abrir oficialmente o evento, ao lado do assessor do Presidente do Uzbequistão, Odil Abdurakhmonov.

Megumi Horikawa triunfa nos -63 kg

Depois de ser coroada campeã mundial em Tashkent no ano passado, a japonesa Megumi Horikawa foi à final de -63 kg confortavelmente.Mediu forças com a mexicana Prisca Awiti Alcaraz.

Horikawa garantiu o ouro com um incrível "uchi-mata", reforçando o amor pela capital do Uzbequistão com mais uma medalha.

O presidente da Federação Internacional de Judo condecorou a atleta.

“Estou muito contente por ter voltado a conquistar uma medalha aqui. Foi uma grande inspiração para mim", sublinhou a judoca japonesa no final do duelo.

Murodjon Yuldoshev impõe-se nos -73 kg

Na Yunusobod Sport Arena respirava-se expectativa até que o uzbeque Murodjon Yuldoshev acabou por se impor na final de -73 kg.

Um contra-ataque oportuno foi suficiente para provocar aplausos entusiásticos da multidão.

O atleta foi condecorado pelo presidente da Federação de Judo do Uzbequistão, Azizjon Kamilov.

“É o meu primeiro ouro num Grand Slam e estou muito feliz. Os adeptos locais estavam aqui para torcer por nós e nos apoiar, o que me ajudou a conquistar a medalha", confessou Yuldoshev.

Attila Ungvari afasta Shamil Borchashvili nos -81 kg

Na final da categoria de -81 kg, o húngaro Attila Ungvári derrotou Shamil Borchashvili, medalha olímpica de bronze, conquistando seu segundo ouro num Grand Slam.

Sandor Fasimon, diretor-executivo da MET Asia e parceiro da Federação Internacional de Judo, atribuiu as medalhas.

Barbara Matić bate Michaela Polleres

Campeã mundial em título, a croata Barbara Matićenfrentou a austríaca Michaela Polleres na final de -70 kg.

Polleres impôs-se com um "waza-ari" sobre a rival e conquistou o ouro.

O Diretor de Arbitragem da Federação Internacional de Judo, Armen Bagdasarov, atribuiu as medalhas.

Dos judocas de classe mundial a demonstrar o talento à incrível atmosfera criada pela multidão, o Grand Slam de Tashkent tem sido inesquecível.

A cidade provou, mais uma vez, ser um destino de primeira linha para o judo. Amanhã, é a vez dos pesos pesados mostrarem o que valem.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Judo: Uzbequistão leva mais dois ouros no Tashkent Grand Slam 2023

Judo: Azerbaijão fecha Grand Slam de Baku no topo

Azerbaijão domina o segundo dia do Grand Slam de Judo