EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Judo: Uzbequistão leva mais dois ouros no Tashkent Grand Slam 2023

A judoca japonesa Takayama Rika, que venceu a italiana, Giorgia Stangherlin, em Taskent
A judoca japonesa Takayama Rika, que venceu a italiana, Giorgia Stangherlin, em Taskent Direitos de autor International Judo Federation
Direitos de autor International Judo Federation
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Taskent, no Uzbequistão, decorreu o Grand Slam 2023 de judo. A equipa nacional arrecadou mais duas medalhas de ouro

PUBLICIDADE

Em Tashkent, a próxima geração de judocas uzbeques teve a oportunidade de conhecer os seus heróis locais e obter selfies e autógrafos, incluindo do Campeão Mundial de 2022, Davlat Bobonov, que esteve em competição no terceiro dia, o dia dos pesos pesados!

Foi uma bela exibição de judo do princípio ao fim.

Vestindo o seu backpatch vermelho, de campeão mundial, Bobonov esteve em alta durante todo o torneio, produzindo judo inesquecível e pontuando em cada uma das suas competições.

A multidão aplaudia de pé, enquanto ele avançava no caminho para a final, onde encontrou o japonês Murao Sanshiro. Bobonov triunfou num encontro intenso, dando à multidão em casa aquilo que veio procurar.

Foi um belo dia para Bobonov!

O ministro da Política da Juventude e Desportos do Uzbequistão, Adkham Ikramov, entregou as medalhas.

No final, Bobonovm, feliz, afirmava: "Adoro as competições que acontecem em casa. São difíceis por um lado, mas o apoio dos fãs locais é incrível e isso ajuda-me a vencer".

Takayama Rika do Japão enfrentou Giorgia Stangherlin de Itália, produzindo um trabalho clínico para vencer a italiana e reivindicar o título de -78kg.

As medalhas foram atribuídas pelo Diretor de Educação e Treino da Federação Internacional de Judo (FIJ) Mohammed Meridja.

Takayama Rika cumpriu o seu objetivo em Taskent: "O meu objetivo era ser campeã aqui, por isso, estou muito feliz por ter ganho esta competição".

A multidão vibrante também estava entusiasmada com os menos de 100kg. O veterano do judo, Varlam Liparteliani, da Geórgia, ficou em primeiro lugar. Na final, derrotou o austríaco Aaron Fara, marcando primeiro um waza-ari, segurando-o depois para ippon.

A Diretora de Eventos da FIJ, Lisa ALLAN, atribuiu as medalhas.

Nos mais de 78kg, a japonesa Tomita Wakaba alcançou o topo do pódio ao derrotar Shiyan Xu da China, reclamando o quarto ouro para a equipa do Japão.

Entregou as medalhas, Skander Hachicha, Diretor Desportivo da FIJ

Na final masculina dos mais de 100kg, outro uzbeque, Alisher Yusupov, contra-atacou Saito Tatsuru do Japão, arrancando a vitória e a medalha de ouro final do evento, levando a multidão à loucura e culminando na perfeição três dias incríveis.

O secretário-geral do Comité Olímpico do Uzbequistão (NOC), Oybek Kasimov, atribuiu as medalhas.

Outra competição espantosa terminou em Tashkent, com o Uzbequistão a continuar a elevar o judo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ouro para Uzbequistão ao segundo dia do Grand Slam de Tashkent

Grand Slam de Telavive: Raz Hershko conquista ouro para Israel

Amantes do judo em êxtase no Grand Slam de Telavive