Vítimas de naufrágio homenageadas em Itália

Coroa de flores no Mediterrâneo para lembrar náufragos
Coroa de flores no Mediterrâneo para lembrar náufragos Direitos de autor GIANLUCA CHININEA/AFP or licensors
Direitos de autor GIANLUCA CHININEA/AFP or licensors
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Milhares de pessoas participaram numa marcha de solidariedade em Cutro, Itália, para recordar os 75 migrantes mortos no naufrágio de um barco.

PUBLICIDADE

Milhares de pessoas participaram numa marcha de solidariedade em Cutro, em Itália, para recordar os 75 migrantes que morreram no naufrágio de um barco a 26 de fevereiro.

A agência de migração da ONU estima que, só este ano, já morreram ou estão desaparecidas cerca de 300 pessoas resultado da perigosa rota de migração do Mediterrâneo.

Nos dois primeiros meses de 2023, o número de travessias irregulares aumentou para 28 130, em linha com o mesmo período do ano passado. Em Fevereiro, foram detetadas quase 13 800, um pouco mais do que no ano passado.

Só nos últimos dias, chegaram à ilha italiana de Lampedusa mais de 3.000 migrantes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guarda costeira italiana resgata mais de 1.300 migrantes em perigo no Mediterrâneo

Mais de 100 migrantes resgatados no Mediterrâneo chegam a Itália

UE alerta Reino Unido sobre lei para deportar imigrantes