Fortes ataques russos matam dezenas de pessoas em Uman e Dnipro

Equipas de resgate foram recuperando corpos esta sexta-feira
Equipas de resgate foram recuperando corpos esta sexta-feira Direitos de autor Bernat Armangue/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na noite de quinta-feira para sexta-feira, a Rússia voltou a lançar fortes ataques contra cidades ucranianas.

PUBLICIDADE

Ao longo desta sexta-feira, as equipas de resgate foram recuperando corpos de um edifício com nove andares atingido por um míssil russo, em Uman. Pelo menos 23 pessoas morreram nesta cidade ucraniana, incluindo quatro crianças.

Outras duas pessoas foram mortas em Dnipro. Na noite de quinta para sexta-feira, a Rússia disparou mais de 20 mísseis de cruzeiro e lançou dois drones contra a Ucrânia.

"Estávamos apenas à espera de ajuda e a tentar focar-nos apenas nisso. Quando saímos, sentimo-nos muito mal, fomos para o hospital. Deram-nos alguns medicamentos. Agora quero ver os meus filhos, vivos ou mortos", diz Dimitri, residente num edifício contíguo ao prédio destruído.

O presidente ucraniano pediu um minuto de silêncio para lembrar as crianças e adultos mortos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque em Dnipro é "pura atrocidade", diz Zelenskyy

Zelenskyy admite "situação extremamente difícil" na linha da frente

Ucrânia retira de Avdiivka depois de ter resistido durante 4 meses