EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Retirados do Sudão chegam à Bulgária

Nikoletta à chegada ao aeroporto
Nikoletta à chegada ao aeroporto Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nikoletta, mãe de três filhos adultos, conseguiu deixar o Sudão em direção ao país natal. Mas os filhos ficaram, por enquanto, para trás.

PUBLICIDADE

A odisseia de Nicoletta Elbalula, agora regressada sã e salva à Bulgária, para fugir do Sudão começou no dia em que rebentaram as batalhas de rua entre o exército sudanês e o grupo denominado Forças de Apoio Rápido.

"Acordámos com o som dos tanques e das AK-47. Vivemos na zona mais afetada", conta a mulher búlgara.

Nikoletta e o marido, Abdel, saíram de uma base militar no Sudão em direção à Jordânia, daí para Berlim e depois para a Bulgária. Os filhos, já adultos, ficaram no Sudão, talvez não por muito tempo: "Deixei para trás os meus três filhos", conta. "Um deles ficou no Cairo, estava lá de férias e não pôde regressar ao Sudão, deveria voltar no dia em que os combates eclodiram".

Nikoleta deve, nos próximos dias, reunir-se com os filhos, mas dificilmente as marcas do que viveu desaparecem. Apesar de um cessar-fogo frágil, os combates continuam no Sudão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Combates e tiros a avião da Turquia ameaçam cessar-fogo no Sudão

Angola tenta repatriar cidadãos do Sudão e pelo menos 10 estão quase fora de perigo

Violações do cessar-fogo apressam a retirada de milhares de civis no Sudão