Zelenskyy: "As principais batalhas estão para breve"

Yevgeny Prigozhin terá alertado que as suas forças não têm munições para continuar a combater
Yevgeny Prigozhin terá alertado que as suas forças não têm munições para continuar a combater   -  Direitos de autor  Libkos/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews

Presidente ucraniano em antecipação da contraofensiva

Recompensar quem tem feito frente ao poderio russo. Foi o que Volodymyr Zelenskyy fez este domingo, ao medalhar vários guarda-fronteiriços, sem deixar de dizer que o grande combate vem aí.

"Caros guerreiros, as principais batalhas estão para breve. Temos de libertar a nossa terra e o nosso povo da escravidão russa. Temos de repor a demarcação da nossa fronteira, tanto na terra, como no mar. Tenho a certeza de que o heroísmo, a fiabilidade e a estabilidade das nossas tropas na fronteira vão ajudar a Ucrânia neste caminho histórico", declarou.

Embora a Rússia declare avanços em Bakhmut, o líder do grupo Wagner, Yevgeny Prigozhin, terá alertado que as suas forças não têm munições para continuar a combater.

Notícias relacionadas

Hot Topic

Saiba mais sobre

Guerra na Ucrânia